001_leo_140503_saopaulo_8253.jpg

POEMA NOTURNO

As vezes só o que você precisa é de uma noite que comece sem saber como vai terminar. Basta uma faísca, um trago, um suspiro pra botar a cara na rua e descer no praça ramos até a república, geralmente começa assim. Tem dia que não dá em nada. Tem dia que é foda.

Rua acima cruza a consolação sentido a praça, para no bar do zé que lá a Paulistânia tá na promoção. Dá um tempo aí, se ninguém aparecer desce pro binho que é certeza vai rolar. Ai é uma questão de minutos até aparecer um alguém minimamente conhecido pra compartilhar uma gelada afim de uma bagunça. Seja no auge do calor de concreto infernal ou naquele frio conservador garoante, sempre vai ter mais gente caçando assunto.

003_leo_140427_saopaulo_7926.jpg
002_leo_170216_untitled_0254.jpg
004_leo_140223_sao paulo_8309.jpg
006_leo_150819_sao_paulo_8616.jpg
005_leo_140304_parque_augusta_1236.jpg
007_leo_150906_untitled_8905.jpg
008_leo_140507_saopaulo_8488.jpg

Aliás, esse tempo chato que faz aqui boa parte do ano seria uma puta boa desculpa pra não ter saído de casa. Mas tem dias que as mais profundas questões da condição humana te impedem de tomar essa decisão. Não que isso eventualmente não traga arrependimentos morais desastrosos, diversas manhãs perdidas e um certo vício em dipirona adquirido em recorrentes batalhas travadas contra a ressaca. Mas enfim, deixa isso pra amanhã.

009_leo_140703_saopaulo_1657.jpg
011_leo_140304_parque_augusta_1201.jpg
015_leo_120105_carnaval_8197.jpg
010_leo_150823_sao_paulo_8637.jpg
012_leo_140517_saopaulo_8656.jpg
016_leo_150612_saopaulo_6047.jpg
017_leo_140304_parque_augusta_1482-Editar.jpg

Ah, aproveita que ta aí e vira a esquerda na matias aires, toma um litrão no bar do baixinho e aproveite a companhia do selecionado público cativo do recinto. Se der sorte ainda rola um violão marginal no melhor estilo samba rouco e corote. Melhor interpretação de barracão de zinco, depois da Elizeth cardoso é claro, eu vi sentado ali. Só toma cuidado pra não se perder no caminho do banheiro, acontece. Talvez seja uma decisão sensata comer uma parada, digo por experiência própria. Aconselho ir pra outro lugar pq esses salgados devem estar aí desde as 10h da manhã.

018_leo_140426_untitled_4524.jpg
019_leo_140426_saopaulo_7858.jpg
020_leo_140117_saopaulo_3920.jpg
024_leo_140222_saopaulo_7854.jpg
026_leo_170504_sao_paulo_0162.jpg
021_leo_160831_fora_temer_0173.jpg
023_leo_140518_saopaulo_8774.jpg
025_leo_140518_saopaulo_8775.jpg
027_leo_140215_saopaulo_6626.jpg
028_leo_120106_carnaval_8370.jpg

Agora é contar com o acaso, pode ser que caia naquela melhor e inesperada festa no buraco da minhoca, mas também são grandes as chances de sua noite acabar com alguém cantando creep abraçado numa garrafa de White Horse no karaokê do leo. Outra habitual é a dobradinha cúpido-skorpios, só gente fina, elegante e que fica acordada até de manhã, com sorrisos abertos e maxilares travados. La pro meio da madruga quando bater aquela onda errada, da pra ir até o minhocão atrás de um pouco de silêncio, acender um badego e ficar ali pensando que aquilo é um grande refúgio para as almas boêmias, naquela imensa curva de rio que é o encontro do baixo augusta com a boca do lixo. Quase um templo. Daí pra frente é com você. E com o acaso.

029_leo_140223_sao paulo_8376.jpg
031_leo_140518_saopaulo_8820.jpg
033_leo_120107_carnaval_8778.jpg
037_leo_120106_carnaval_8588.jpg
039_leo_170902_sao_paulo_9800.jpg
041_leo_160813_sao_paulo_0149-Editar.jpg
043_leo_160831_fora_temer_0227.jpg
024_leo_140222_saopaulo_7854.jpg
032_leo_161030_sao_paulo_8407.jpg
034_leo_140202_saopaulo_4862.jpg
036_leo_140518_saopaulo_8829.jpg
040_leo_161112_sao_paulo_0233.jpg
042_leo_160807_gabu_0456.jpg
044_leo_140426_saopaulo_7897.jpg
045_leo_161112_sao_paulo_0292.jpg

No final é bom torcer pro dia amanhecer nublado, como quase sempre, ninguém merece aquele sol da vergonha brilhando na cara. Dá pra voltar de boa dormindo no terminal lapa, descer no ponto final que não tem erro, e se tudo der certo, chegar em casa antes do arrependimento e algumas memórias estilhaçadas .